FotoNUNO MIGUEL MARQUES DE SOUSA
    (Professor Auxiliar convidado)
    Telf.: 300 001 595 | E-Mail: nsousa@uab.pt

    Horário de Atendimento: Terças-feiras 9-13 h e 14-18 h


    Unidade(s) Curricular(es):

    Curriculum Vitae Resumido:

    Funções:

      Professor Auxiliar convidado



    Habilitações Académicas:

      2003: Doutoramento em Física, Universidade de Nimega, Holanda (Radboud Universiteit)
      Titulo da tese: Open descendants at c = 1, http://arxiv.org/abs/hep-th/0505090

      1998: Mestrado em Física Teórica, Universidade de Coimbra

      1995: Licenciatura em Física, ramo teórico, Universidade de Coimbra



    Experiência Profissional:

      2012- : (atual) Investigador no Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores de Coimbra (INESCC) e analista de sistemas na start-up Spero - Smart Decision Tools, Lda.

      2008- : (atual) Professor Auxiliar convidado da Universidade Aberta.

      2011-12: Professor Coordenador I do Instituto Superior Dom Diniz.

      2006-11: Eq.Prof.Adjunto do Instituto Politécnico de Coimbra (ESAC).

      2010-11: Prof. Adjunto convidado do Instituto Politécnico de Leiria (ESTG).

      2006-08: Investigador no Centro de Análise Matemática, Geometria e Sistemas Dinâmicos (IST/UTL).

      2003-06: Investigador no Centro de Física do Porto (FCUP).

      2002: Investigador do programa B-Physica no Instituto NIKHEF, Amsterdão.

      1995-06: Bolseiro de mestrado, doutoramento e pós-doutoramento da FCT.



    Área(s) de Interesse Científico e de Investigação:

      Como investigador, N.Sousa especializou-se numa primeira fase em teoria de cordas, um ramo da física das altas energias onde publicou diversos artigos em revistas internacionais.

      A teoria de cordas é uma teoria unificadora, onde todas as partículas e forças do universo são tidas como diferentes manifestações de um único tipo de entidade, as cordas. Com o aparecimento do acelerador LHC (CERN, Suíça), vive-se hoje em dia um período de grande expectativa. A investigação em curso poderá comprovar ou desmentir esta ideia tão esotérica quanto genial. A comprovar-se, a física brindar-nos-á, mais uma vez, com novos e fascinantes mundos para explorar. Talvez consigamos, p.ex., provar que é impossível viajar para trás no tempo, tal como argumentado pelo autor em http://arxiv.org/pdf/hep-th/0504102.

      Mais recentemente N.Sousa integrou em 2012 o Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores de Coimbra (INESCC), tendo virado os seus interesses de investigação para áreas mais aplicadas, nomeadamente engenharia urbana e de transportes. N.Sousa tem usado a sua experiência em física e modelação para aplicar técnicas e ideias desta ciência a problemas de otimização multiobjetivo, tendo efetuado pesquisa com programação linear, algoritmos genéticos e sistemas de informação geográfica. Tem também realizado participado em projetos tecnológicos de âmbito empresarial e com aplicação às Smart Cities.

      Além desta investigação em áreas de pesquisa fundamental e aplicada, N.Sousa tem um interesse particular em tecnologia de energias renováveis e sua contribuição para a passagem a uma economia global sustentável.



    Publicações mais Recentes:

    Informações Complementares:

      Assessor de edição na revista Municipal Engineer. https://www.icevirtuallibrary.com/journal/jmuen

      Nos tempos livres, dedico-me a todo tipo de atividades... leitura, política, bridge, xadrez, economia, desporto, música, filosofia. Gosto de discutir qualquer tema.