FotoMARIA DO ROSáRIO SAMPAIO SOARES DE SOUSA LEITãO LUPI BELLO
    (Professora Auxiliar)
    E-Mail: rosario@uab.pt


    Unidade(s) Curricular(es):

    Curriculum Vitae Resumido:

      Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas (Variante de Inglês/Alemão) pela FCSH da Universidade Nova de Lisboa, em 1985, fez o Mestrado em Estudos Anglo-Portugueses na mesma Universidade, em 1991. Doutorou-se em 2002 em Estudos Portugueses, especialidade de Teoria da Literatura, do que resultou a publicação Narrativa literária e narrativa fílmica. O caso de ‘Amor de Perdição’. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian/FCT, 2005 (1ª ed.); 2008 (2ª ed.). Exerce desde 1989 as funções de docente na Universidade Aberta, onde tem leccionado sobretudo nas áreas dos Estudos Fílmicos, da Teoria da Literatura, da Cultura Portuguesa e dos Estudos Interartes.  Como professora convidada leccionou “Narratologia Fílmica” na Universidade de Coimbra (Portugal), “Tradição dos Grandes Livros” na Universidade Católica Portuguesa e, na USP e na UNESP (Brasil), as disciplinas de “Literatura e Cinema”, “Dramaturgia e Cinema” e “O Cinema e os seus duplos” entre 2016 e 2018. É membro do CECC (Centro de Estudos de Comunicação e Cultura) e colaboradora do CETAPS (Centre for English, Translation and Anglo-Portuguese Studies), bem como membro da Direcção da AIM (Associação dos Investigadores da Imagem em Movimento). Os seus campos preferenciais de investigação e de publicação são os Estudos Fílmicos e a Teoria da Narrativa, na perspetiva da Literatura Comparada, particularmente quanto às relações entre a Literatura e o Cinema. 


    Funções:

        • Membro do Senado da Universidade Aberta
        • Coordenadora da Licenciatura em Humanidades



    Habilitações Académicas:

        • 2002 – Doutoramento no ramo de “Estudos Portugueses”, na especialidade de “Teoria da Literatura” (relação narrativa entre a Literatura e o Cinema) - Universidade Aberta
        • 1991 – Mestrado em “Estudos Anglo-Portugueses” - FCSH – UNL
        • 1985 – Licenciatura em “Línguas e Literaturas Modernas " (variante de Inglês e Alemão) - FCSH – UNL



    Experiência Profissional:

        • Docente de “Introdução aos Estudos Literários” e “Teoria da Literatura desde Outubro de 1989 à actualidade
        • Docente de outras Unidades Curriculares como “Teoria e Crítica Cinematográficas”, “História do Cinema Portugês”, “História Cultural e Artística Portuguesa”, “Estudos Interartes de Expressão Portuguesa”,  “Problemáticas da Arte”, “História das Ideias”, “Correntes Estéticas Europeias” e “Literatura Infantil e Juvenil”
        • Docente dos Seminários de mestrado “Semiótica do Texto e da Imagem” (MEC-LA), “Literatura e Artes Europeias” (MESE), “Temas de Cultura Portuguesa” (MEPM), “Narrativa e Arte” (MEPI) e do Seminário presencial “Discursos do Quotidiano” (MESM)
        • Docente de disciplinas e cursos de graduação e pós-graduação sobre Literatura e Cinema e sobre Dramaturgia e Cinema na USP, PUC e UNESP (Brasil)
        • Como professora convidada: docente de “Narratologia fílmica” na Universidade de Coimbra em 2005-07 e  “Tradição dos Grandes Livros” na Universidade Católica Portuguesa, em 2003-04.
        • Coordenadora da Licenciatura em Humanidades
        • Vice-Coordenadora do Mestrado em Estudos Comparados – Literatura e Outras Artes



    Área(s) de Interesse Científico e de Investigação:

        • Estudos Fílmicos
        • Estudos Literários (em particular Teoria da Narrativa)
        • Literatura Comparada
        • Estudos Anglo-Portugueses




    Publicações mais Recentes:


      Livros

      2009 Encontro com Maria Ulrich no século XXI, em co-autoria com M. Fátima V. Pinheiro, Coimbra, Tenacitas, 2009.

      2008Narrativa Literária e Narrativa Fílmica. O caso de ‘Amor de Perdição’, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian/FCT (2ª edição).
       
      CD-Rom
      2006Narrativa e Arte (em colaboração com Ana Rita Padeira) –   Lisboa, Universidade Aberta, 2006.

      Artigos em revistas, actas e capítulos de livros (últimos 5 anos)

      2018 – “Camilo Castelo Branco: exemplos de uma mnemotopia romântica” in Mnemotopie: itinerari, luoghi e paesaggi della memoria nel mondo portoghese, a cura di Carlo Pelliccia, Viterbo, Sette Città, 2018.

       

      2017 – "Zavattini e a potência do ‘real’ no cinema", Nova Síntese. Textos e Contextos do Neo-Realismo. Neo-Realismo no Cinema, nº12, Lisboa, Ed. Colibri, 2017, pags 53-65.

      “De l’exil comme histoire à l’exil comme condition: les figures féminines dans Tabu, de Miguel Gomes” in Besse, M. Graciete; Silva, Maria Araújo da; Coutinho, Ana Paula; Outeirinho, Fátima (dirs), Exiliance au féminin dans le monde lusophone (XXe-XXIe siècles). Paris, Éditions Hispaniques, 2017, pp. 343-350.

       

      “Carl Th. Dreyer: o cinema como reportagem e o realismo psicológico” in Penafria, M.; Baggio, E. T.; Graça, A. R.; Araújo, D. (eds), Revisitar a Teoria do Cinema – Teoria dos Cineastas, vol 3. Covilhã: Labcom.IFP, 2017, pp. 59-75.

       

      “Ladrões de Caixas” in Renata Soares Junqueira (org.). Os pobres no cinema de Manoel de Oliveira: estudos interdisciplinares de cinema, literatura e sociedade. São Paulo: Todas as Musas, 2017. Pp. 139-155.

       

      2016 – “Educar para a beleza? Um desafio perante dois artistas”. Revista Gaudium Sciendi, Nr. 10. Julho 2016, pp. 59-71. 

       

      2015 – “Manoel de Oliveira: a verdade do paradoxo” in Jornal de Letras, Artes e Ideias, Ano XXXV, Número 1162, de 15 a 28 de abril de 2015, pp. 6-7.

      2014“Film temporality – a new form of experience? Reflections on Tarkovsky’s assertions on time” in The Nature of Time in Science and in Human Experience – Euresis Journal, vol 7, Summer 2014, pp. 87-101. http://www.euresisjournal.org/default.asp?pagina=415&act=2&id=88

      “Sobre a Colecção ‘As Minhas Leituras’” in T. S. Eliot, Coros de ‘A Rocha’. Coimbra, Tenacitas, 2014, pp. 9-12.

      “Oliveira e Bresson: o ‘ver’ e o ‘ser’ da Sétima Arte” in Fabiana Carelli, Fátima Bueno e Maria Zilda da Cunha (orgs.), Texto e tela: ensaios de literatura e cinema, S. Paulo, FFLCH-USP, 2014, pp. 15-31.

      “A visibilidade da transformação: experiência do tempo na literatura e no cinema” in Benjamin Abdala Junior (org), Estudos comparados: teoria, crítica e metodologia. S.Paulo, Ateliê Editorial, 2014, pp. 259-277.

      G.K. Chesterton, A Inocência do Padre Brown – Recensão in Communio. Revista Internacional Católica. Lisboa, Rei dos Livros, Ano XXXI, Nr. 4, Outubro/Novembro/Dezembro 2014, pp.497-501.

      2013 – “Roy Campbell (1901-1957): The Life, Times and Opinions of a South African ‘Cowboer’”, em co-autoria com Miguel Alarcão, in Maria Leonor Machado de Sousa (dir), Revista de Estudos Anglo-Portugueses, Lisboa, Fundação para a Ciência e Tecnologia/Centre for English, Translation and Anglo-Portuguese Studies, 2013, nº 22, pp. 209-221.

      "O Portugal de Roy Campbell" in Alcinda Pinheiro de Sousa, Luísa Flora e Teresa Malafaia (eds.), From Brazil to Macau. Travel Writing and Diasporic Spaces. CD-ROM. Lisboa: CEAUL/ULICES, 2013, pp. 323-333.

      “Quem tem medo de uma boa história? Mistérios de Lisboa ou a Narrativa como Mistério”. Atas do II Encontro Anual da AIM, ed. por Tiago Baptista e Adriana Martins. Lisboa: AIM, 2013, pp. 243-255.