INTERVENçãO ARTíSTICA E INTERCULTURALIDADE
Código: 23009
ECTS: 5
Departamento: Departamento de Ciências e Tecnologia
Área Científica: Curadoria de Média-Arte Digital
Palavras-Chave:
    Intervenção Artística
    Curadoria
    Exposição
Docente:
Pedro Alves da Veiga
Área Científica: Média-Arte Digital
Correio Eletrónico: pveiga@ciac.uab.pt

Sinopse:
Esta Unidade Curricular visa proporcionar espaços de experimentação em curadoria e intervenção artística digital em contextos comunitários e culturalmente ricos. O enfoque será na construção coletiva de uma proposta de curadoria, nos sujeitos produtores de objectos artísticos e nas dinâmicas de recepção e fruição, com a consequente prática concreta de intervenção-ação através da arte.


 


Competências:
Ao concluir esta UC o estudante estará capaz de:
Identificar as problemáticas, técnicas principais e os desafios que se colocam na construção de um projeto de curadoria, com especial ênfase para a curadoria da média-arte digital; identificar a teia de conceitos multidisciplinares, de metodologias/métodos de atuação e de intervenção artística através dos artefactos de média-arte digital; conceber projetos de curadoria de média-arte digital, que explorem as dinâmicas de receção e fruição, procurando uma relação especial com as comunidades e a cultura do local onde serão exibidos, através de artefactos de média-arte digital; conceber e produzir materiais e planos de divulgação para os eventos de média-arte digital, em suportes on e off-line, por forma a sensibilizar os respetivos públicos-alvo e lidar com aspetos práticos de produção e montagem de exposições de média-arte digital.


 


Conteúdos:
Esta UC coloca o foco na complexidade dos processos de curadoria e intervenção artística, da criação de objectos, percursos e narrativas artísticas em contextos culturais da contemporaneidade fortemente dominada pelos meios digitais. O elenco temático a desenvolver destaca o seguinte roteiro:
  1. Tendências contemporâneas e principais técnicas em curadoria de média-arte digital para a construção de espaços expositivos híbridos (ou aumentados) artísticos;
  2. Desafios da intervenção artística na contemporaneidade: técnicas, limitações e desafios; parcerias, colaborações, compromissos; competências dos agentes e organizações de mudança e inovação artística;
  3. Projeto de curadoria e intervenção artística digital: plano e organização temática; plano de ação-intervenção; propostas de adaptação a características de cultura e comunidades locais como forma de maximização de impacto através da incorporação de elementos etnográficos e sociais; produção e montagem do projeto em contexto real;
  4. Retroação pós-projeto como forma de autoavaliação crítica.


Bibliografia:
  • Gasparetto, D., Lima, A., Casimiro, G., Boelter, V., & Santos, N. (2015). “Factors1. 0–“Curadoria” compartilhada, modos expositivos e as experiências em arte digital”. 24º Encontro da ANPAP – Compartilhamentos na Arte: Redes e Conexões, Santa Maria, RS, Brasil.
  • Quaranta, Domenico. (2014). Beyond New Media Art. Lulu Press, Inc.
  • Graham, B., & Cook, S. (2010). Rethinking Curating: Art after New Media. Leonardo Books. The MIT Press.
  • Paul, Christiane. (2008). New Media in the White Cube and Beyond: Curatorial Models for Digital Art. Berkeley: University of California Press.
  • Paul, Christiane (2007). The Myth of Immateriality: Presenting and Preserving New Media. In Media Art Histories, Oliver Grau (Ed.). MIT Press.
  • CONT3XT.NET (2007). Circulating Contexts - Curating Media/Net/Art. Sabine Hochrieser, Michael Kargl, Franz Thalmair (eds.). Vienna: Book on Demand.
  • Dewey, John (1980). Art as experience. New York: Berkley Publishing Group. 


Metodologias de Ensino:
E-learning


Total de Horas de Trabalho: 130
Total de Horas de Contacto: 30

Avaliação:
Participação, criatividade e relevância na criação do projeto de exposição (avaliação contínua); contribuição individual para a exposição (adaptabilidade e adequação ao meio social e cultural) e Relatório Final.


Observações:
Privilegia-se uma metodologia de trabalho centrada no aluno, em contexto de curadoria coletiva, experimentação e produção artística. Procura-se o contacto criativo entre a expressão artística da média-arte digital e o seu entrosamento com outros criadores, com os espaços expositivos e respetivos meios sociais e culturais, culminando com a conceção e produção da exposição coletiva dos artefactos dos estudantes durante o retiro doutoral anual.