EDUCAçãO E SOCIEDADE EM REDE
Código: 12010
ECTS: 8
Departamento: Departamento de Educação e Ensino a Distância
Área Científica: Ciências da Educação
Palavras-Chave:
    Sociedade em rede;
    cibercultura;
    educação em rede;
    virtualização
Docente:
António Moreira Teixeira
Área Científica: Ciências da Educação e Filosofia
Correio Eletrónico: antonio.teixeira@uab.pt

Sinopse:
Nesta uc o estudante consolida uma cibercultura universal, ligada  à nova centralidade do conhecimento no funcionamento de  uma sociedade que se reorganizou num sistema circulatório de  fluxos de informação, conduzindo inevitavelmente a mudanças  importantes tanto no modo de conceber o ensino e a  aprendizagem, como no de pensar os sistemas educativos. Assim, os seus objetivos são: a) adquirir uma perspetiva fundamentada do impacto social da democratização/globalização do acesso à informação científica e cultural na reorganização dos modos de associação humana; b) adquirir e desenvolver avaliação crítica do fenómeno cultural da Internet e novo paradigma sociocognitivo da sociedade do conhecimento; c) identificar e desenvolver compreensão do processo educativo à luz da «sociedade em rede».


Competências:
1) analisar e desconstruir textos teóricos, objetos significativos, experiências pessoais à luz dos conceitos apreendidos;
2) elaborar e apresentar juízos críticos sobre o fenómeno da cibercultura e formular juízos sobre a reorganização da educação em rede- suas instituições, organizações e agentes;
3) apresentar razões em defesa dos seus pontos de vista;
4) aplicar as competências analítica e sintética desenvolvidas a situações específicas;
5) criar um “espírito” de ação e responsabilidade grupal.

 


Conteúdos:
I. O Fenómeno da Cibercultura
II. A “Virtualização” das Relações Sociais
III. A Rede como Interface Educativo
IV. A Abertura e Partilha do Conhecimento

 


Bibliografia:
•    Baudrillard, J. (2001) Simulacros e Simulação. 2ª edição. Lisboa: Relógio d’Água.
•    Blake, N. e P. Standish (orgs.) (2000) Enquiries at the Interface: Philosophical Problems of Online Education. Oxford: Blackwell Publishers.
•    Castells, M. (2003) A Sociedade em Rede. A Era da Informação: Economia, Sociedade e Cultura, Vol. 1, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian.
•    Lévy, P. (2000) Cibercultura. Lisboa: Piaget.
•    Virilio, P. (1993) A Inércia Polar. Lisboa: D. Quixote.

 


Metodologias de Ensino:
E-learning


Total de Horas de Trabalho: 208
Total de Horas de Contacto: 40

Avaliação:
A avaliação tem caráter individual e implica a coexistência de duas modalidades: avaliação contínua (60%) e avaliação final (40%). Essa avaliação será desenvolvida na aplicação de formas diversificadas, definidas no Contrato de Aprendizagem da unidade curricular.