CICLO DE CONFERêNCIAS EM ESTUDOS MEDIEVAIS / PERSPETIVAS CRUZADAS
Código: 33021
ECTS: 6
Departamento: Departamento de Ciências Sociais e de Gestão
Área Científica: Estudos Medievais
Palavras-Chave:
    Interdisciplinaridade
    Novos modelos teóricos e metodológicos
    Diversidade no estudo da área medieval
Docentes:
Amélia Aguiar Andrade
Área Científica: História
Correio Eletrónico: amelia.andrade@fcsh.unl.pt

Maria do Rosário Bastos
Área Científica: História
Correio Eletrónico: maria.bastos@uab.pt

Sinopse:
O seminário é organizado sob a forma de ciclo de conferências sobre questões fraturantes para os Estudos Medievais, que mudará de ano para ano, consoante os convidados. Pretende o aprofundamento do conhecimento e da compreensão crítica dos modelos teórico- metodológicos da área científica dos Estudos Medievais e da sua aplicação em contextos de investigação diversificados e interdisciplinares.
Sessões serão transmitidas em streaming para poderem ser acompanhadas pelos estudantes de e-learning, que deverão realizar as suas actividades em ambiente online
 


Competências:
- Domínio das potencialidades de uma abordagem multi/interdisciplinar de cada uma das fontes, e das potencialidades de análise de uma só fonte para diversas temáticas.
- Capacidade para usar diversos tipos de fontes para apreender um tema nas suas múltiplas facetas  e interpretar grandes quantidades de informação a partir de da sua exploração direcionada.
- Capacidade de interiorizar a importância de aplicar e praticar  uma análise global e crítica a todo o tipo de fontes e de compreender as suas lógicas internas de construção e múltiplas valências.


Bibliografia:
A bibliografia  a ser utilizada adequa-se ao conteúdo das sessões pelo que será divulgada aos participantes antes de cada uma das conferências.


Metodologias de Ensino:

Dez a doze conferências por investigadores convidados. Os estudantes devem preparar-se com prévias leituras, orientados pelos Professores.



Total de Horas de Trabalho: 156
Total de Horas de Contacto: 20

Avaliação:
Avaliação do trabalho do estudante na preparação para as conferências, qualidade de argumentação e dos relatórios. Utiliza-se a escala de 0 a 20 valores.