MULTILINGUISMO E EDUCAçãO PARA A CIDADANIA GLOBAL
Código: 53027
ECTS: 10
Departamento: Departamento de Humanidades
Área Científica: Didática das Línguas
Docentes:
Rosa Maria Sequeira
Área Científica: Ciências da Educação e Comunicação Intercultural
Correio Eletrónico: rosa.sequeira@uab.pt

Ricardo Salomão
Área Científica: Linguística Aplicada (Estudos Portugueses).
Correio Eletrónico: ricsal@uab.pt

Competências:
-Analisar criticamente modelos teóricos de competência comunicativa intercultural,docs reguladores e
bibliografia da especialidade
-Desenvolver uma consciência profissional em relação a espaços de atuação locais e globais que favoreçam
competências de comunicação intercultural
-Utilizar conhecimentos para desenvolver estratégias adequadas no âmbito da promoção da comunic.
intercultural e intervenção cívica
-Compreender as questões da Política de Língua e do Planeamento Linguístico (PLPL) no presente e no
passado
-Dominar os quadros teóricos da PLPL
-Desenvolver trabalho de pesquisa e ação no domínio da Política de Língua e do Planeamento Linguístico
-Compreender criticamente o contexto e os fatores relacionados com a educação para a cidadania
intercultural/políticas de multilinguismo
-Compreender criticamente teorias e práticas desenvolvidas como resposta ao efeito da globalização na
educação
-Elaborar investigação bibliográfica e sintetizar revisão da literatura


Conteúdos:
1. Conceitos fundamentais e modelos teóricos de competência intercultural.
2. Competências interculturais e modelos de aplicação.
3. Avaliação e desenvolvimento da competência de comunicação intercultural em contextos diferenciados.
4. As três fases históricas do domínio académico do Planeamento Linguístico;
5. Planeamento Linguístico e mudança social;
6. Línguas e culturas: um exemplo prático - comunicação e exportação;
7. Línguas, nacionalidades e globalização;
8. Opções de Planeamento Linguístico: o caso da União Europeia;
9. Multilinguismo e plurilinguismo;
10. Problemáticas na educação para a cidadania e multilinguismo;
11. Princípios e práticas de educação para a cidadania numa sociedade multicultural e num mundo
globalizado;
12. Desenvolvimento de materiais para a promoção da interculturalidade.


Bibliografia:
Deardorff,D.(2009).The Sage Handbook of Intercultural Competence
Sequeira,Rosa M.(2012).A comunicação intercultural é uma utopia?In Petrov et al.(ed.s),Avanços em Literatura e Cultura...
Sequeira,Rosa M.(2013).A literatura na aula de língua estrangeira e a competência intercultural
Spencer-Oatey, H et al(2009).Intercultural Interaction. A Multidisciplinary Approach to Intercultural
Communication
Witte,Arnd e T. Harden(eds)(2011) Intercultural Competence – concepts, challenges, evaluations.Peter Lang
Spolsky,B.(2009)Language Management.Cambridge University Press
Calvet, Louis-Jean(2002)Le marché aux langues: Essai de politologie linguistique sur la mondialisation. Paris:
Plon
Salomão, Ricardo(2011)Comunicação e Exportação. Lisboa: CEMRI, Nova Vega
Johnson,David Cassels(2013). Language Policy. New York: Palgrave Macmillan
Banks,J. A.(2001).Citizenship education and diversity.Journal Teacher Education
Byram,M.(2009)From Foreign Language Education to Education for Intercultural Citizenship


Total de Horas de Trabalho: 156
Total de Horas de Contacto: 15

Avaliação:
A avaliação das aprendizagens nesta unidade curricular é realizada
com base na avaliação contínua das atividades individuais e em grupo. A avaliação resulta da ponderação de
vários elementos de avaliação: qualidade da participação em fóruns de debate e trabalho de grupo e plenário;
trabalhos individuais (leituras críticas, ensaios e propostas de modos de aplicação de estratégias e modelos
de comunicação intercultural); trabalho final individual.


Observações:
Método de ensino
Tendo por base o modelo pedagógico de EaD online da UAb para cursos de pós-graduação, a abordagem
metodológica da unidade curricular centra-se num processo de ensino/aprendizagem teórico–prático, em
regime de e-learning e turma virtual. O processo de aprendizagem implica uma dupla vertente de estudo e
pesquisa individual e de trabalho colaborativo. Este último desenvolve-se sob a forma de grupos de discussão
e trabalho assíncronos online no espaço da turma virtual, moderados quer pelo docente quer pelos
doutorandos, e de seminários conjuntos.