SEMINáRIO DE DIDáTICA DO ALEMãO
Código: 53026
ECTS: 10
Departamento: Departamento de Humanidades
Área Científica: Didática das Línguas
Docente:
Gerald Bär
Área Científica: Literatura Alemã; Literaturas Comparadas; Estudos Artísticos.
Correio Eletrónico: gbar@uab.pt

Competências:
- Desenvolver, com base no trabalho realizado nas aulas, nas leituras críticas e tarefas individuais, as
competências metodológicas e analíticas para apresentar projectos e textos de investigação na área da
Didática específica - ensino do Alemão como Língua Estrangeira, que permitam a elaboração de uma tese de
doutoramento nesta área;
- Desenvolver aptidões para descodificar e analisar espaços e manifestações culturais relevantes na interação com falantes nativos;
- Sensibilizar para a diversidade linguística, cultural e literária em termos da língua materna e da língua
estrangeira;
- Reflectir sobre questões de ensino-aprendizagem em contexto pedagógico multicultural;
- Analisar e debater cientificamente a função da competência linguística em processos de integração ou
assimilação;
- Apreciação de elementos linguísticos estranhos (interferências) como potencialmente enriquecedores e
inovadores.


Conteúdos:
1. A Didática enquanto Ciência e na formação de professores
2. Análise de diferentes metodologias explicitando o contexto social e cultural em que foram geradas
3. O papel da Didática no desenvolvimento das competências linguística e intercultural
4. Interferências linguísticas na escrita de autores imigrantes ou de autores provenientes de zonas
culturalmente híbridas
5. Técnicas literárias para definir a identidade no processo de integração ou de separação da sociedade de
acolhimento: o motivo do Duplo (´Doppelgänger´)
6. O Duplo como ´Avatar´ nos meios de comunicação social e na educação


Bibliografia:
- Afonso, Clarisse Costa. (2010). Didáctica de Línguas Estrangeiras. Ramada:Pedago.
- Bär, Gerald. (2011). Fantasies of Fragmentation in Conrad, Kafka and Pessoa: literary strategies to express
strangeness in a hetero-social context. Amaltea. Revista de mitocrítica. vol. 3.
- Bhabha, Homi K. (2004). The Location of Culture. Abingdon:Routledge.
- Heringer, H.J. (2007). Interkulturelle Kommunikation,Tübingen:A.Francke.
- Müller, N./Kupisch, T./Schmitz, K./Cantone, K. (eds). (2007). Einführung in die Mehrsprachigkeitforschung,
Tübingen:Gunter Narr.
- Waldenfels, Bernhard. (1997). Topographie des Fremden - Studien zur Phänomenologie des Fremden 1.
Frankfurt/M.:Suhrkamp.
- Wierlacher, A./Bogner, A. (eds). (2003). Handbuch interkulturelle Germanistik. Stuttgart: Metzler.
- Witte, Arnd. (2009). ´Die Sprache der Anderen - Fremdsprachenlernen im soziokulturellen Kontext´.
GERMANISTIK IN IRELAND, 4: 53 - 73.


Total de Horas de Trabalho: 156
Total de Horas de Contacto: 15

Avaliação:
A avaliação incide na participação regular e pertinente nas sessões, nos fóruns e nos trabalhos de reflexão teórica a entregar por escrito.


Observações:
Método de ensino
As aulas são de natureza teórico-prática e incluem exposição, demonstração, discussão conjunta e reflexão
sobre os temas e conteúdos abordados. Privilegia-se a interação e a participação ativa dos estudantes,
individualmente e em grupo.
Os módulos das unidades curriculares serão oferecidos em regime de blended learning com sessões
presenciais em número limitado a serem calendarizadas na abertura do curso e on-line através de uma
plataforma de e-learning.
Os objectivos, conteúdos programáticos, recursos, as atividades, assim como os vários momentos de
avaliação serão explicitados através de um Contrato de Aprendizagem da Investigação (CAI)a ser
disponibilizado na plataforma.
Pretende-se que a leccionação ilustre a implementação na prática das abordagens, princípios e conceitos
estudados, facilitando a aprendizagem através da observação e reflexão.