INTERCULTURALIDADE E MULTILINGUISMO NA EUROPA
Código: 52091
ECTS: 7,5
Departamento: Departamento de Humanidades
Área Científica: Humanidades
Palavras-Chave:
    Interculturalidade
    Multilinguismo
    Diversidade
    Europa
Docente:
Mário José Filipe da Silva
Área Científica: Linguística Aplicada (Estudos Portugueses – Política de Língua)
Correio Eletrónico: mario.silva@uab.pt

Sinopse:
A unidade curricular Interculturalidade e Multilinguismo na Europa visa definir, problematizar e conceptualizar as questões relacionadas com a Interculculturalidade, o multilinguismo e o plurilinguismo na Europa, com especial incidência no espaço da União Europeia.


Competências:
No final desta unidade curricular o aprendente deverá assim ser capaz de:
• produzir conhecimento original a partir de uma investigação própria em torno da Interculuralidade do multilinguismo;
• discutir as políticas relacionadas com o multilinguismo e a diversidade cultural na Europa;
• trabalhar em grupo e individualmente em torno de projetos coletivos e individuais;
• organizar e apresentar resultados de uma investigação;
• ler e discutir bibliografia sobre temáticas relacionadas com a Interculturalidade, e o multilinguismo.


Conteúdos:
1.  Introdução
• Interculturalidade vs. multiculturalismo na Europa.
2.  Teorias da Interculturalidade
• Conceitos;
• Interculturalidade, Multiculturalismo e democracia.
3.  Interculturalidade e a internacionalização da língua portuguesa, línguas nacionais e línguas globais
• A viagem das línguas: plurilinguismo e multilinguismo;
• A internacionalização da língua portuguesa;
• Políticas de Língua do Conselho da Europa e da União Europeia;
• O Europass e o Portofólio Europeu das Línguas;
• As redes de difusão da língua e da cultura;
4   Estudos de caso


Bibliografia:
Bodirsky, Katharina, (2012) "The Intercultural Alternative to Multiculturalism and its Limits". EASA Workshop 2012: Working Papers. Paper 8. http://scholarworks.umass.edu/chess_easa/8
Comunicação da Comissão ao P.E. ao Conselho, ao C.E.S.E. e ao C.R., Multilinguismo: uma mais-valia para a Europa e um compromisso comum, Bruxelas, 18.9.2008, COM, 2008, 566 final.
Conselho da Europa (2001) Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas, Edições ASA.
Europa, Globalização e Multiculturalismo (2006) Actas dos Encontros de Outono 19 e 20/11/2004, V. N. de Famalicão, Câmara Municipal, Museu Bernardino Machado.
Fries, Susan, (2005) Cultural, Multicultural, Cross-cultural, Intercultural: A Moderator’s Proposal, TESOL-France http://www.tesol-france.org/
Keval, Harshad (2014) From ‘Multiculturalism’ to ‘Interculturalism’ – A commentary on the Impact of De-racing and De-classing the Debate, New Diversities vol. 16, No. 2, ISSN ISSN-Print 2199-8108 ▪ ISSN-Internet 2199-8116.
Nasar Meer & Tariq Modood (2011) How does Interculturalism Contrast with Multiculturalism?, Journal of Intercultural Studies, 33:2, 175-196, DOI: 10.1080/07256868.2011.618266.
Rocha-Trindade, Maria Beatriz, (2015) Das Migrações às Interculturalidades, Edições Afrontamento, Porto. ISBN: 978-972-36-1411-4.
Sáez, Fernando Trujillo, (2002) Towards Interculturality Through Language Teaching: Argumentative Discourse, CAUCE, Revista de Filología y su Didáctica, n.º 25, 2002 /págs. 103-119, Centro Virtual Cervantes.
Sarmento, Clara, (2014) Interculturalism, multiculturalism,
and intercultural studies: Questioning definitions and repositioning strategies, Intercultural Pragmatics 2014; 11(4): 603 – 618. De Gruyter, Mouton.
Taylor, Charles (1998) Multiculturalismo, Examinando a política de reconhecimento, Instituto Piaget.
Walter, Henriette (1996) A Aventura das Línguas do Ocidente: A sua origem, a sua História, a sua Geografia, Terramar.


Metodologias de Ensino:
E-learning


Total de Horas de Trabalho: 195
Total de Horas de Contacto: 41

Avaliação:
A avaliação tem caráter individual e implica a coexistência de duas modalidades: avaliação contínua (60%) e avaliação final (40%). Essa avaliação será desenvolvida na aplicação de formas diversificadas, definidas no Contrato de Aprendizagem da unidade curricular.


Observações:
Esta Unidade Curricular é lecionada no regime de ensino de Classe Virtual, tal como definido no Modelo Pedagógico da Universidade Aberta. 
O estudante deverá, assim, fazer um percurso por dois grandes temas (Interculturalidade e diversidade linguística e cultural) fundamentais ao longo de sensivelmente catorze semanas.
A  Unidade curricular foi pensada no sentido de distribuir o trabalho dos estudantes por quatro fases importantes de construção do conhecimento e competências aplicadas à investigação:
1. trabalho individual de apreensão dos conteúdos, através da leitura da bibliografia, e de estudo e análise de outros elementos que irão sendo progressivamente disponibilizados online, no início do estudo de cada etapa;
2. a realização das atividades para o desenvolvimento e treino das capacidades pretendidas, para a familiarização com o tipo de questões e problemáticas a desenvolver durante os trabalhos avaliados;
3. o debate sobre os conteúdos programáticos e as atividades, com os colegas, em fóruns de debate não moderados;
4. o debate sobre os conteúdos programáticos e as atividades, a exposição de dúvidas, em fórum moderado.
Para o estudo de cada um dos temas e tópicos que irão sendo progressivamente disponibilizadas no espaço da classe virtual no decorrer do semestre, o mestrando tem ao seu dispor:
• um acervo de "Recursos" pensado à medida do tempo de estudo e das necessidades científicas e pedagógicas;
• um conjunto de atividades, estudos de caso e problemas a resolver;
• um fórum de debate com os colegas, de duração limitada;
• um fórum de debate moderado pelo docente.
Nos dias que antecedem a entrega dos trabalhos, o docente disponibilizará um Fórum de dúvidas e questões.