BIBLIOTECAS E EDUCAçãO
Código: 11007
ECTS: 6
Departamento: Departamento de Educação e Ensino a Distância
Área Científica: Ciências da Educação
Palavras-Chave:
    Formação
    Literacia
Docente:
Ana Maria de Jesus Ferreira Nobre
Área Científica: Ciências da Educação - Didática de Línguas e Culturas
Correio Eletrónico: ana.nobre@uab.pt

Sinopse:
Nesta unidade curricular são identificadas e analisadas as múltiplas relações que se podem estabelecer entre a missão e as funções educativas da biblioteca, pública e escolar. Aborda-se ainda a função formativa e educativa da biblioteca numa perspetiva de extensão cultural. Os objetivos articulam-se assim com os conteúdos, permitindo aos estudantes adquirir e relacionar conhecimentos sobre as questões formativas que se colocam às bibliotecas na sociedade atual.
Parte-se da análise de documentos, nacionais e internacionais, que perspetivam e orientam a organização e as funções das bibliotecas na sociedade atual, dando-se particular atenção aos aspetos que nesses documentos remetem para uma função formativa/educativa.


Competências:
Pretende-se que, no final desta Unidade Curricular, o estudante tenha adquirido as seguintes competências essenciais:
- Conhecer os principais documentos, nacionais e internacionais, que orientam a ação das bibliotecas públicas e escolares.
- Reconhecer o papel educativo e formativo das bibliotecas na sociedade actual.
- Refletir sobre as principais vertentes em que se concretiza o papel educativo e formativo das bibliotecas.


Conteúdos:
1. Bibliotecas e educação: conceitos fundamentais
    1.1  Biblioteca pública e educação
    1.2  Biblioteca escolar e educação
2. Bibliotecas, inclusão e promoção cultural
    2.1  Bibliotecas e cidadania
    2.2  Bibliotecas e promoção cultural
3. Bibliotecas e sociedade do conhecimento
    3.1  Bibliotecas e formação ao longo da vida; as novas literacias
    3.2  Bibliotecas e inclusão digital


Bibliografia:
Dias, P. (2012). Comunidades de educação e inovação na sociedade digital. Educação, Formação & Tecnologias, 5 (2), 4-10
Pinto, M., Sales, D., Osorio, P., & de Ferre, L. M. A. I. (2008). Biblioteca universitaria, CRAI y alfabetización informacional.
RBE, Rede de Bibliotecas Escolares. (2012). Aprender com a biblioteca escolar. Referencial de aprendizagens associadas ao trabalho das bibliotecas escolares na Educação Pré-escolar e no Ensino Básico. Lisboa: Rede de Bibliotecas Escolares.
Costa, C.J.B. (2013). Sucesso Escolar no ensino Secundário: Autorregulação e performances de aprendizagem em busca do sucesso. Dissertação de Doutoramento. Universidade de Coimbra.
Calixto, J. A. (coord.) (2007). Bibliotecas para a vida : literacia, conhecimento, cidadania. Lisboa : Edições Colibri - CIDEHUS-Universidade de Évora - Biblioteca Pública de Évora.
Calixto, J. A. (coord.) (2010). Para além da Branca de Neve: bibliotecas, educação e literacia da informação. Lisboa: Edições Colibri - CIDEHUS-Universidade de Évora - Biblioteca Pública de Évora.


Metodologias de Ensino:
E-learning



Total de Horas de Trabalho: 156
Total de Horas de Contacto: 15

Avaliação:
O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.


Observações:
Conhecimentos básicos da língua inglesa e francesa a nível da compreensão da leitura.