SOCIOLINGUíSTICA
Código: 51067
ECTS: 6
Departamento: Departamento de Humanidades
Área Científica: Linguística
Palavras-Chave:
    1. Paradigma do Uso/Funcionamento da Língua: a competência de comunicação
    2. Modelos da análise sociolinguística: perspectiva da variação social; perspectiva da variação comunicativa e a Sociolinguística Interaccional de John Gumperz
    3. Linguagem e variação
    4. A dimensão acional da linguagem e os diferentes contextos interlocutivos e interculturais
Docente:
Carla Aurélia Rodrigues de Almeida
Área Científica: Linguística.
Correio Eletrónico: calmeida@uab.pt

Sinopse:
A Sociolinguística é um ramo da Linguística que estuda a relação entre a linguagem verbal e os seus contextos de uso (contextos sócio-culturais; contextos interativos e interlocutivos). Tendo como objecto de estudo a competência de comunicação, a presente disciplina põe em destaque e contrasta três orientações analíticas principais:
(i) análise do uso dos códigos sócio-comunicativos no âmbito da Etnografia da Comunicação;
(ii) perspectiva da variação social (perspectiva de William Labov);
(iii) perspectiva da Análise Interaccional – o estudo da dimensão acional da linguagem, a teoria do ilocutório e do funcionamento discursivo dos actos ilocutórios, a análise das sequências discursivas, a teoria das faces e o sistema de delicadeza de Brown e Levinson;
(iv) s formas de tratamento (deixis social) e as formas de delicadeza.


Competências:
Competências específicas:
(i) distinguir competência linguística de competência de comunicação;
(ii) conhecer diferentes modelos de análise da Linguística do Uso/Funcionamento do Sistema;
(iii) compreender as duas perspectivas da variação linguística;
(iv) analisar atos ilocutórios em diferentes interações discursivas;
(v) compreender os fundamentos da Sociolinguística Interaccional.


Conteúdos:

O programa da unidade curricular visa:
(i) conhecer diferentes modelos teóricos que se inscrevem no âmbito da Sociolinguística;
(ii) compreender a ritualização das práticas discursivas;
(iii) analisar a relação entre parâmetros da situação de comunicação e o discurso produzido;
(iv) estabelecer a relação entre as formas de tratamento e o contexto de uso;
(v) identificar diferentes valores ilocutórios;
(vi) distinguir estratégias de delicadeza negativa e estratégias de delicadeza positiva em diferentes contextos interaccionais;
(vii) estudar o processo interpretativo, tendo em conta o quadro interaccional estabelecido pelo locutor e alocutário;
(viii) compreender as relações entre práticas discursivas específicas e as variáveis relacionadas com o género, a idade e o grupo sócio-profissional.



Bibliografia:

Marques, Maria Emília Ricardo (1995), Sociolinguística, Lisboa, Universidade Aberta.

Bibliografia mais específica:
Coulmas, Florian (ed.), (1997), The handbook of sociolinguistics, Oxford, Basil Blackwell.
Fonseca, J. (Org.), 1998, A organização e o funcionamento dos discursos. Estudos sobre o Português, Tomo I, II, III, Porto, Porto Editora (Colecção Linguística da Porto Editora, nº. 8, 9, 10).
Goody, E. (ed.) (1978) Questions and politeness, Cambridge, Cambridge University Press;
Mateus, M. H. et al., [1983/2003], Gramática da Língua Portuguesa, Lisboa, Caminho, 5ª. edição revista e aumentada de 2003.

Outras referências bibliográficas serão indicadas nos diferentes módulos da UC.



Metodologias de Ensino:

E-learning.




Total de Horas de Trabalho: 156
Total de Horas de Contacto: 15

Avaliação:
O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.


Observações:
É necessário ter acesso regular a um computador com ligação de banda larga à Internet.