METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTíFICO E TIC APLICADAS AO PORTUGUêS LíNGUA NãO MATERNA
Código: 52018
ECTS: 10
Departamento: Departamento de Humanidades
Área Científica: Ciências da Comunicação
Palavras-Chave:
    Metodologia de Trabalho Científico
    Aquisição de L2
    Comunicação
    TIC
Docente:
Ricardo Salomão
Área Científica: Linguística Aplicada (Estudos Portugueses).
Correio Eletrónico: ricsal@uab.pt

Sinopse:
Este Seminário introduz os estudantes na investigação em aquisição de uma L2 através das TIC enquanto ambiente psicolinguística ideal para aprendizagem. Reflecte sobre diferentes processos a diversas soluções tecnológicas aplicadas ao ensino de línguas estrangeiras.


Competências:
Abordar os aspectos fundamentais para a elaboração e apresentação de trabalhos científicos;
Apresentar técnicas de base para as etapas prévias à preparação de trabalhos de pesquisa;
Apresentar uma imagem simultaneamente panorâmica e discriminada do universo das TIC aplicadas ao ensino e à aprendizagem de línguas não maternas;
Discutir a criação de ambientes de aprendizagem decorrentes do cruzamento entre as características das TIC e as exigências da didáctica das línguas não maternas


Conteúdos:

Etapas básicas para a preparação de trabalhos académicos, como a leitura, o resumo e a recensão crítica.

As fases por que passa o trabalho de pesquisa, a elaboração do plano e a apresentação de bibliografia.

Reflexão sobre o recurso a Tecnologias da Informação e Comunicação no ensino e na aprendizagem de línguas.

Planeamento de um projecto que integre TIC e ensino de língua.



Bibliografia:

Ceia, Carlos (2001) Normas para a apresentação de trabalhos científicos. 6ª edição. Lisboa: Editorial Presença, 2006. - http://www2.fcsh.unl.pt/docentes/cceia/tese.htm
Ceia, Carlos (2007) Algumas regras para escrever uma recensão crítica - http://www2.fcsh.unl.pt/docentes/cceia/recensao.htm
Eco, Umberto (1984) Como se Faz uma Tese em Ciências Humanas. 3ªed., trad. de Ana Falcão Bastos e Luís Leitão. Lisboa: Presença.
Frada, João José Cúcio (1991). Guia Prático para Elaboração e Apresentação de Trabalhos Científicos. 11ªed. Lisboa: Cosmos 2001.
Piedade, Ana Nascimento (2003) Metodologia do trabalho científico e da investigação (cd-rom). Lisboa: Univ. Aberta.
Sefarini, M.Teresa (1991). Saber Estudar e Aprender. Lisboa: Ed. Presença.

TIC, ensino e aprendizagem de língua
Becta's ICT Research (2004) - What the research says about using ICT in modern foreign languages. http://research.becta.org.uk/upload-dir/downloads/page_documents/research/wtrs_mfl.pdf
Becta's ICT Research (2003) - What research says about barriers to the use of ICT in teaching. http://research.becta.org.uk/upload-dir/downloads/page_documents/research/wtrs_barriersinteach.pdf
Davies, Graham (2010) Information and Communications Technology and Modern Foreign Languages in the National Curriculum: some personal views
http://www.camsoftpartners.co.uk/ictmfl.htm
Dias, H.B.M. (2009) Comunicação e cognição no ensino de línguas a distância: Das tecnologias multimedia à criação de ambientes de aprendizagem. Actas do I Congresso sobre Comunicação, Cognição e Media. Braga: Univ.Católica. 455-468.
Dias, R. (2009) Integração das TIC ao ensino e aprendizagem da língua. Página Macmillan. http://www.macmillan.com.br/artigos/detalhe.php?ID=MTQ
Miranda, G.L. (2007) Limites e possibilidades das TIC na educação. Sísifo. Rev. de Ciências da Educação, 3. pp 41-50.



Metodologias de Ensino:
E-learning


Total de Horas de Trabalho: 260
Total de Horas de Contacto: 55

Avaliação:
A avaliação tem caráter individual e implica a coexistência de duas modalidades: avaliação contínua (60%) e avaliação final (40%). Essa avaliação será desenvolvida na aplicação de formas diversificadas, definidas no Contrato de Aprendizagem da unidade curricular.