TIPOLOGIAS E PRáTICAS DE ESCRITA
Código: 52044
ECTS: 8
Departamento: Departamento de Humanidades
Área Científica: Linguística
Docente:
Isabel Maria Loureiro de Roboredo Seara
Área Científica: Linguística.
Correio Eletrónico: irseara@uab.pt

Sinopse:
A unidade curricular visa desenvolver competências de comunicação escrita, com base num sólido conhecimento linguístico e textual. Com este objetivo, pretende-se identificar e analisar os mecanismos linguístico-discursivos subjacentes a diversas tipologias textuais e, posteriormente, aplicar essas técnicas retórico-discursivas na prática redacional. No presente ano letivo será dado especial destaque ao estudo do “conto”.


Competências:
O estudante deve adquirir competências para:
• Conhecer e caracterizar protótipos textuais e géneros discursivos;
• Dominar os mecanismos de construção e organização textual;
• Identificar os recursos da organização textual e a sua importância na construção de sentidos;
• Identificar os mecanismos linguístico-discursivos de cada tipo de texto;
• Adquirir técnicas de comunicação e de expressão escrita em português;
• Exercitar competências de produção em diferentes géneros/tipos discursivos, com base nos conhecimentos teóricos adquiridos.


Conteúdos:

I - Noções linguísticas subjacentes à análise e redacção textuais
1.1. A enunciação na língua e a modalização discursiva
1.2. Conectores discursivos e a sua importância na estruturação frásica
1.3. Mecanismos de referência e co-referência
1.4. Riqueza lexical: processos de enriquecimento lexical

II - Noções textuais
2.1. Noções de protótipos textuais e de géneros discursivos
2.2. A heterogeneidade composicional dos textos
2.3.Estudo das sequências prototípicas
2.4. Estudo dos mecanismos linguístico-discursivos subjacentes a diversos tipos de texto:
- Texto ficcional
- Texto autobiográfico e interacional
- Texto jornalístico
- Texto crítico-argumentativo

III - Expressão escrita
3.1. Etapas do processo redacional: planificação, textualização e revisão textuais
3.2. A coerência e coesão textuais
3.3. As técnicas retórico-discursivas na prática da escrita
3.4. Aplicação dos conhecimentos teóricos na produção de textos



Bibliografia:
ADAM, Jean-Michel. 1990. Éléments de linguistique textuelle, Liège, Mardaga
ADAM, Jean-Michel. 1992. Les Textes: types et prototypes, Paris, Armand Colin.
CARVALHO, José António Brandão S.1999. O Ensino da Escrita, Instituto de Educação e Psicologia, Univ do Minho.
CHARAUDEAU, P. et MAINGUENEAU, D. 2002. Dictionnaire d’Analyse du Discours, Paris, Éditions du Seuil.
COUTINHO, M. A. 2003. Texto(s) e competência textual, Lisboa, FCG- FCT
DUARTE, I. M. 2003. “Aspectos linguísticos da organização textual”, Mateus, M.H.M. et al. Gramática da Língua Portuguesa, Lisboa, Caminho.
FONSECA, Joaquim. 1992. Linguística e Texto/Discurso, Lisboa, ICALP .
KERBRAT-ORECCHIONI, C.2005. Le discours en interaction, Paris, Armand Colin.
HALLIDAY, M.A.T & HASAN, R. 1989. Language, Context and Text , Oxford University Press .
MAINGUENEAU, D. 1996. Les termes clés de l’analyse du discours, Paris, Éditions du Seuil.
SCHIFFRIN, D. 2002. Approaches to Discourse, Oxford: Blackwell.


Metodologias de Ensino:
E-learning (completamente online).


Total de Horas de Trabalho: 208
Total de Horas de Contacto: 55

Avaliação:
A avaliação tem caráter individual e implica a coexistência de duas modalidades: avaliação contínua (60%) e avaliação final (40%). Essa avaliação será desenvolvida na aplicação de formas diversificadas, definidas no Contrato de Aprendizagem da unidade curricular.