PROBLEMáTICAS DA ARTE
Código: 51152
ECTS: 6
Departamento: Departamento de Humanidades
Área Científica: Estudos Artísticos
Palavras-Chave:
    Estética
    Filosofia da Arte
    Teoria da Literatura
Docente:
Jeffrey Scott Childs
Área Científica: Estudos Ingleses e Americanos.
Correio Eletrónico: jchilds@uab.pt

Sinopse:
Com esta unidade curricular pretende-se fazer uma abordagem panorâmica da evolução de conceitos estéticos, desde a antiguidade até à contemporaneidade, e levar os estudantes a reflectir sobre o valor destes conceitos na definição da arte. Procurar-se-á, também, oferecer aos estudantes uma visão crítica das grandes tendências que estão na origem da actual situação pós-moderna, no que ao papel da criação artística diz respeito, bem como às suas complexas relações com a sociedade, a(s) ideologia(s) e os valores preponderantes em cada época, particularmente a nossa. Desta forma, para além de uma consciência histórica, pretende-se levar os estudantes a adquirir uma capacidade de análise cultural, nomeadamente nas suas implicações ao nível da chamada “crise das humanidades”.


Competências:
Os estudantes desta unidade curricular familiarizar-se-ão com as problemáticas mais persistentes e abrangentes no estudo e definição da arte desde a antiguidade clássica até à contemporaneidade, incluindo aquelas especificamente relacionadas com a constituição da estética enquanto disciplina do saber e com as tendências individuais de diversas áreas de produção artística. As competências a desenvolver no âmbito deste percurso são as seguintes:
• Capacidade de definir, contextualizar e aplicar conceitos estéticos de diversas épocas históricas, desde a antiguidade clássica até ao período contemporâneo;
• Capacidade de mobilizar diversas referências culturais, intelectuais e artísticas na elaboração de um discurso crítico próprio no âmbito da estética;
• Capacidade de expor as grandes linhas de evolução cultural e artística que marcaram o tema sob consideração, com referência a obras, autores e acontecimentos particulares que contribuíram, de forma decisiva, para a sua definição.


Conteúdos:
As linhas temáticas gerais desta unidade curricular desenvolver-se-ão a partir do estudo pormenorizado das seguintes problemáticas:
1. A estética: entre linguagens e objectos
2. Arte e prazer
3. Arte e beleza
4. Arte e emoções
5. Arte e compreensão
6. Estética ou estéticas? Música, cinema, literatura, arquitectura
7. As artes performativas
8. Ainda arte? Reflexões sobre a arte moderna
9. A arte e a natureza
10. Teorias e definições


Bibliografia:

Primária:
GRAHAM, Gordon, Filosofia das Artes. Lisboa, Ed. 70, 2001.
TOWNSEND, Dabney, Introdução à Estética: História, Correntes, Teorias. Lisboa, Ed. 70, 2002.

Secundária:
ADORNO, Theodor W., Teoria Estética. Lisboa, Ed. 70, 2011.
ANDERSON, Perry. As Origens da Pós-Modernidade. Lisboa, Ed. 70, 2005.
ARISTÓTELES, Poética. 5ª Edição. Lisboa, Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 1998.
CARCHIA, Gianni e Paolo D’Angelo. Dicionário de Estética. Lisboa, Ed. 70, 2009.
CROCE, Benedetto, Breviário de Estética. Lisboa, Ed. 70, 2008.
ECO, Umberto, A Definição da Arte. Lisboa, Ed. 70, 1995.
GOMBRICH, E.H., A História da Arte. Rio de Janeiro, Editora Guanabara, 1978.
HEIDEGGER, Martin. A Origem da Obra de Arte. Lisboa, Ed. 70, 2010.
ORTEGA Y GASSET, José, A Desumanização da Arte. Lisboa, Nova Veja, 2008.
PLATÃO, A República. 6ª Edição. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 1990.



Metodologias de Ensino:
E-learning



Total de Horas de Trabalho: 156
Total de Horas de Contacto: 15

Avaliação:
O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.