FONéTICA, FONOLOGIA E MORFOLOGIA DO PORTUGUêS
Código: 51154
ECTS: 6
Departamento: Departamento de Humanidades
Área Científica: Linguística
Palavras-Chave:
    1. Fonética
    2. Fonologia
    3. Morfologia
    4. Léxico
Docente:
Isabel Maria dos Santos Falé
Área Científica: Linguística.
Correio Eletrónico: imsfale@uab.pt

Sinopse:
Esta unidade curricular pretende aprofundar o conhecimento sobre a organização e o funcionamento da estrutura sonora da língua portuguesa, bem como da sua estrutura morfológica. Proporciona conhecimentos básicos de Fonética que contribuem para o estudo da organização específica das estruturas sonoras da língua portuguesa em termos segmentais e em termos suprassegmentais. A identificação, a caracterização e a análise dos processos fonológicos desta língua induzem à aquisição de um conjunto de saberes complexos, nos quais a fonética, a fonologia e até a própria morfologia interagem de modo dinâmico.
A unidade curricular faculta uma abordagem analítica alargada sobre a organização da estrutura interna das palavras (divisão, identificação e caracterização das propriedades dos seus constituintes) e sobre os processos de formação de palavras (derivação, composição e processos de inovação lexical) disponíveis nesta língua. Destaca a relação dinâmica interactiva da morfologia com o léxico.


Competências:
No final da unidade curricular, os estudantes devem:
• evidenciar capacidade de reflexão e de análise sobre a estrutura e o funcionamento da língua portuguesa, nomeadamente no que se refere à sua estrutura sonora e ao seu funcionamento ao nível da unidade palavra;
• ter a capacidade de reconhecer e caracterizar os distintos níveis de análise fonético e fonológico;
• ter adquirido conhecimentos relativos à identificação, descrição e classificação dos sons da língua portuguesa, bem como da sua organização estrutural intrínseca;
• ter adquirido conhecimentos sobre a organização da estrutura interna das palavras e sobre os processos de formação morfológica disponíveis na língua portuguesa;
• ter desenvolvido a capacidade de aplicação selectiva e crítica dos conhecimentos adquiridos na análise de estruturas morfológicas diversas;
• reconhecer as relações estreitas da morfologia com o léxico e com a fonologia.


Conteúdos:
1. Introdução
2. Fonética
2.1. Representação do contínuo sonoro: Alfabeto fonético internacional
2.2. Fonética articulatória
2.3. Classificação articulatória tradicional
3. Fonologia
3.1. Os segmentos
3.2. Os segmentos como conjuntos de traços
3.3. Processos fonológicos
4. A Prosódia
4.1. A sílaba
4.2. O acento de palavra
4.3. A palavra prosódica e o sintagma entoacional
5. Morfologia
5.1. Relações entre morfologia e léxico
5.2. Os constituintes morfológicos
5.3. Formação de palavras: afixação e composição
5.4. Análise fonológica de processos morfológicos


Bibliografia:
FARIA, I. Hub, PEDRO, E., DUARTE, I. & C. Gouveia (orgs). Introdução à Linguística. Geral e Portuguesa. Lisboa: Caminho, 1996.
LADEFOGED, P., A Course in Phonetics. 4th edition. New York: Harcourt Brace Publishers, 2001.
LIEBERMAN, P. & S. BLUMSTEIN, Speech Physiology, Speech Perception and Acoustic Phonetics. Cambridge: Cambridge University Press, 1988.
MATEUS, M. H. M., BRITO, A. M., DUARTE, I. FARIA, I. H. et alii. Gramática da Língua Portuguesa. 6ª edição, revista e aumentada. Lisboa: Caminho, 2004.
MATEUS, Maria Helena; FALÉ, Isabel & Maria João FREITAS, Fonética e Fonologia do Português, Lisboa, Universidade Aberta, 2005.
VILLALVA, A. Morfologia do Português. Lisboa: Universidade Aberta, 2008.


Metodologias de Ensino:
E-learning.



Total de Horas de Trabalho: 156
Total de Horas de Contacto: 15

Avaliação:
O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.