Discurso Direto



Ad Astra

DD

O ano de 2016 começou com uma excelente notícia: a Universidade Aberta alcançou o Recognised for Excellence, atribuído pela APQ, no âmbito do esquema europeu Níveis de Excelência. Somos a primeira universidade pública portuguesa a ser distinguida com este “reconhecimento”, e a pontuação obtida corresponde a uma menção de 4 estrelas, num máximo de cinco.

Permitam-me que as primeiras palavras deste Discurso Direto sejam de gratidão e reconhecimento para com os membros da equipa dinamizadora, pela sua disponibilidade e pela forma como se organizou e trabalhou, pela dedicação, pela atenção e pelo esforço que dedicou ao projeto. A todos eles um grande e sentido agradecimento! Seguidamente, dirijo os meus agradecimentos aos colaboradores da nossa universidade que participaram nos painéis de avaliação, pelo espírito de partilha e de pertença que demonstraram e pelos seus contributos. Naturalmente, este reconhecimento é extensivo a toda a comunidade académica, uma vez que o resultado desta avaliação reflete o compromisso e o empenho de todos os trabalhadores docentes e não docentes da Universidade Aberta.

Somos pioneiros na modalidade de ensino que praticamos, nas tecnologias e nos modelos pedagógicos que utilizamos e, também, na obtenção do Recognised for Excellence – 4 estrelas, que reconhece a maturidade e a excelência das práticas organizacionais no seio da comunidade académica portuguesa.


O Prémio de Excelência da EFQM é atribuído após um rigoroso e exigente escrutínio realizado por parte da equipa de avaliadores da APQ às organizações que se candidatam e que tenham um historial de, pelo menos, cinco anos de melhoria contínua. Este nível de excelência revela que foram recolhidas evidências inequívocas que demonstram que a UAb tem evoluído e crescido positiva e sustentadamente, ultrapassando com sucesso os objetivos estratégicos que vem definindo ao longo dos anos e afirmando-se como uma organização com impacto positivo junto dos seus estudantes, fornecedores e outras franjas da sociedade.

Em 2016, a Universidade Aberta continua a ser a única universidade pública portuguesa a ministrar todos os seus cursos em regime online, recorrendo a metodologias de ensino específicas e certificadas suportadas pelas tecnologias e pelas redes digitais. Continua empenhada e determinada em honrar e renovar a sua missão e vocação: a de estar ao serviço das pessoas, de contribuir para a disseminação da ciência e do conhecimento em língua portuguesa, de promover o desenvolvimento e a inclusão social na era da quarta revolução industrial, ou seja de uma sociedade cada vez mais exigente, competitiva e global. Reforço o facto de a nossa missão ser muito exigente e distinta das outras instituições de ensino superior, por assentar numa estrutura logística complexa e numa cultura organizacional específica e orientada para a virtualidade social.
A nossa história tem acompanhado o contexto social e económico nacional e internacional, e as transformações implementadas têm procurado acompanhar os “meteóricos” avanços das tecnologias digitais, das redes de comunicação e de conhecimento, a par da evolução das metodologias e das pedagogias em EaD. Não é por acaso que as “revoluções tecnológicas e socio económicas” têm repercussões na vida das pessoas e das instituições. Há um reajustamento permanente a fazer, reajustamento esse que só é possível graças à flexibilidade, ao empenho, à determinação e ao trabalho realizado pelas pessoas.
A UAb tem tido a capacidade e a flexibilidade necessárias para abraçar as tecnologias novas que vão surgindo e que se vão sobrepondo às anteriormente utilizadas. Tem havido barreiras e desafios que assustam e intimidam; períodos de crise financeira e de tensão sociopolítica; permanentes e múltiplas mutações tecnológicas e comunicacionais. Estas são algumas das barreiras e dos desafios que temos enfrentado e ultrapassado e que são, simultaneamente, contemporâneos, globais e vertiginosos.

Estes são os desafios do mundo atual e que não podemos ignorar. Por isso, continuaremos a investir na inovação tecnológica, na capacitação e na avaliação institucional. Os prémios e as distinções que já obtivemos (https://www2.uab.pt/uab25/) atestam o compromisso social que assumimos em 1988, enquanto instituição de ensino superior a distância portuguesa.
Somos uma Universidade “Aberta”, flexível e assumidamente diferente das outras, quer do ponto de vista conceptual quer pragmático. Sem limites de espaço ou tempo e por via da educação e da formação ao longo da vida, reafirmamos a nossa missão: trabalhar com o objetivo de construir uma sociedade mais democrática e inclusiva.
Apesar da nossa juventude (apenas 28 anos) crescemos e progredimos e, em 2016, podemos congratular-nos por nos posicionarmos ao nível das melhores instituições de ensino superior e por sermos a primeira e a única universidade portuguesa a obter este prémio de excelência, que também irá contribuir para uma maior visibilidade da UAb dentro e fora da comunidade académica, em Portugal e no estrangeiro.
Termino como comecei, dirigindo à comunidade da Universidade Aberta os meus sinceros agradecimentos pela disponibilidade, pela dedicação e pela atenção dedicada ao projeto. O vosso trabalho e os vossos contributos, a forma como se organizaram e conseguiram transmitir aos avaliadores da APQ o valor e a importância de investirmos nas capacidades individuais e coletivas mostrou que a nossa casa tem uma “cultura institucional” forte, que permitiu a obtenção das quatro estrelas do Recognised for Excellence.

Carla Padrel de Oliveira
Vice-Reitora para a Qualidade e Cooperação Internacional





Mais notícias...

Preparação para Provas de Acesso ao Ensino Superior
Formação contínua de professores
AlumniUAb – página ANTIGOS ALUNOS da Universidade Aberta
Congresso Internacional do Espírito Santo
Conferência sobre o conceito de género nas Ciências Sociais
Candidaturas ao Prémio Internacional Ivan Franko
Projeto ISOLearn: workshop nacional e seminário europeu
Exames de fevereiro na Escola Portuguesa de Maputo

Ver Newsletter

 © Universidade Aberta 2008    Otimizado para: Resolução 1024x768 / Internet Explorer 7 / Firefox 3